sábado, 14 de agosto de 2010

ESTADOS UNIDOS TERRITÓRIO E POPULAÇÃO

O território dos Estados Unidos, com 9. 372.614 km², é o quarto maior do mundo, depois da Rússia, Canadá e China.
Esse espaço territorial começou a ser delimitado no século XVI com a chegada dos europeus, que deram início à conquista e à colonização.
Na primeira metade do século XVIII, já estavam constituídas as Treze Colônias inglesas da América do Norte, consideradas o princípio do que viriam a ser os futuros ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA.
Nas regiões que correspondem ao norte e ao centro da costa leste, desenvolveram-se colônias de povoamento baseadas em pequenas e médias propriedades agrícolas e no trabalho livre e assalariado, com produção voltada para o mercado interno.
Essas colônias possuíam certa autonomia econômica em relação à Inglaterra. O objetivo dos colonos era criar uma nova pátria na América.
No sul, estabeleceram-se colônias de exploração, baseadas nas grandes propriedades agrícolas e no trabalho escravo, com produção voltada para o mercado externo.
As relações com a Inglaterra eram de dependência, pois a maioria dos produtos destinavam-se a abastecer o mercado inglês. Os colonos pretendiam enriquecer e voltar à Inglaterra.
Essas diferenças marcaram profundamente o novo país que surgia com a Declaração de Independência de 4 de julho de 1776 e culminaram na Guerra de Secessão.
Após a independência, a população partiu para a conquista do oeste.
A expansão territorial dos Estados Unidos para o oeste foi muito rápida e se caracterizou pela compra de terras, por tratados com a Inglaterra e por guerras com o México, que perdeu uma extensa área que vai do Texas até a Califórnia.
Atualmente, o território dos Estados Unidos está dividido em 50 estados. Dois deles não se encontram em terras contínuas: o Alasca, que é uma península próximo ao Canadá, e o arquipélago do Havaí, no Oceano Pacífico.
O relevo dos Estados Unidos pode ser dividido em quatro grandes unidades.
No leste, encontram-se planaltos e montanhas antigas, desgastados pela erosão.
No oeste, encontram-se altas montanhas, sujeitas à ocorrência de vulcões e terremotos.
No centro do território, encontram-se as Planícies Centrais, que apresentam baixas e médias altitudes.
No litoral do Pacífico, assim como no litoral do Atlântico, existem as Planícies Costeiras.
Devido à sua grande extensão territorial, os Estados Unidos apresentam diversos tipos climáticos.
No leste, predomina o CLIMA TEMPERADO OCEÂNICO, que recebe influência do Oceano Atlântico, com alta pluviosidade, o que favoreceu o desenvolvimento das Florestas Temperadas.
No centro do território, o CLIMA TEMPERADO, com poucas chuvas, permitindo que as formações vegetais herbáceas, denominadas Pradarias, sejam mantidas. Nessa porção do território também ocorrem áreas de clima semi-árido, com a presença de Estepes.
No oeste existem áreas desérticas com climas semi-áridos e árido, onde se encontra vegetação de cactáceas. Esses desertos resultam da presença de altas montanhas, que impedem a passagem de umidade oceânica.
No sul dos Estados Unidos, o CLIMA SUBTROPICAL possibilitou o surgimento das Florestas de Coníferas.
Os principais rios que cortam o território norte-americano são o Mississípi, o Missouri, o Tennessee, o Arkansas e o Colorado.
Os Estados Unidos contam com a terceira população do planeta, com 295 milhões de habitantes, distribuídos de forma bastante irregular. A maior parte das pessoas se concentra nas regiões de maior desenvolvimento urbano e industrial.
No nordeste do país estão as áreas de maior densidade demográfica, destacando-se a região compreendida entre as cidades de Boston e Nova York, que juntas formam a megalópole Bos-Wash.
Há vastos espaços poucos povoados por causa das dificuldades naturais. Esses são os casos do Alasca, de clima muito frio, do Arizona, de clima muito quente e desértico, ou das áreas de relevo mais acidentado, como as regiões localizadas entre as cadeias montanhosas do oeste.
A população dos Estados Unidos é formada, em sua maioria, por brancos, que somam 82% do total. Os negros correspondem a 12% e outros grupos étnicos correspondem aos 6% restantes.
Há um grave problema social nos Estados Unidos: o preconceito étnico, principalmente contra os negros, que se concentram nos estados do sul e no nordeste. Latino-americanos, asiáticos e indígenas também são vítimas dessa forma de discriminação.
Outro grave problema social é a imigração ilegal. Os imigrantes clandestinos, principalmente mexicanos, vivem ilegalmente no país e se sujeitam a serviços informais, pouco valorizados e mal-remunerados.

















2 comentários:

fer disse...

bom, apenas tenho 13 anos mais a dscripçao de como foida melhor falado como e a populaçao nort americana e completamente absurda diculpa mais 82porsento bracos????

Raissa disse...

Gostaria de saber as informações mais importantes , pois tenho que fazer um resumo sobre isso e não estou conseguindo fazer. Poderia me ajudar ?